quinta-feira, abril 28, 2011

While my guitar gently weeps /Harrison,Clapton,Ringo Starr

III FESTIVAL DE XAXADO DO ALTO SERTÃO PARAIBANO


A Associação Cultural Pisada do Sertão do município de Poço de José de Moura – PB, estará realizando durante os dias 05, 06 e 07 de agosto de 2011 o III FESTIVAL DE XAXADO DO ALTO SERTÃO PARAIBANO, nesse sentido comunica aos interessados que a entidade estará recebendo até o dia 10 de junho proposta para seleção de espetáculos de Xaxado, Grupos Folclóricos, Palestrantes e Oficineiros (dança e teatro). 
Os interessados deverão enviar curriculum para o email: http://pisadadosertaocultura@bol.com.br ou http://neiry.ana@hotmail.com. “Este projeto foi contemplado com o Prêmio Funarte Festivais de Artes Cênicas 2010”

Sesc Guarabira recebe Mostra Ciência do Cotidiano

Fonte: SESC PB

Expor de forma científica os fatos que cercam o nosso dia a dia. Este é o objetivo da Mostra Ciência do Cotidiano, que entra em cartaz nesta quinta-feira, 28, na unidade do Sesc em Guarabira. A partir de hoje até o dia 20 de maio, escolas e instituições interessadas podem realizar visitações à exposição, que integra o projeto Sesc Ciência. Ainda restam vagas para as entidades interessadas, que devem efetuar um agendamento prévio.
O evento vai mostrar que a ciência está presente na rotina dos seres humanos e como ela pode ser relacionada às situações do dia a dia. O seminário de abertura da mostra aconteceu às 14 horas e reuniu o corpo docente da instituição e a comunidade. A mostra segue até 20 de maio, de segunda a sexta-feira, nos turnos da manhã e tarde.

O acervo da mostra é composto pelos seguintes equipamentos: Torre de Pisa, Cadeira Giratória, Gerador de Van de Graff, Sistema de Roldanas, Pêndulo de Newton, Turbina de Heron, Gerador Eletromecânico, Globo de Plasma, Máquina de Vapor, Economize, Mala Rebelde, Casinha de Consumo, Circuitos Elétricos, dentre outros. Além disso, a programação conta também com palestras e oficinas relacionadas ao tema.
A gerente da unidade, Maria da Luz Costa, aproveitou a oportunidade para convidar a todos para visitarem a mostra. “A participação no evento é importante pela importância dos fenômenos da ciência que estão no nosso dia-a-dia, que nos salta curiosidades e que serão explicadas”, afirmou. O projeto é uma iniciativa do Departamento Nacional do Sesc por meio da Gerência de Educação e Ação Social (GEA), cujo objetivo é fomentar uma visão renovada da ciência, de forma acessível e dinâmica, fornecendo ao indivíduo instrumentos para a compreensão de sua realidade e do mundo em que vive.
Os agendamentos podem ser realizados das 13 às 18 horas e das 19 às 22 horas, através do telefone (83) 3271-1601 ou na própria unidade do Sesc Guarabira, que fica na rua Coronel José Maurício da Costa, 290, bairro São José.

Clint Eastwood

Back Sabath - Paranoid (1970)

Mostra de Talentos comemora Dia Internacional da Dança no Teatro Santa Roza

A partir desta quarta-feira (27), o Teatro Santa Roza recebe a II Mostra de Talentos em Dança. O evento, que este ano homenageia o bailarino e coreógrafo José Enoch, se estenderá até a sexta-feira (29), em comemoração ao Dia Internacional da Dança. A programação começa sempre às 18h, no hall do Teatro, com visitação às exposições, seguida pelas apresentações de grupos de dança, a partir das 19h.
A primeira noite da mostra será dedicada às Ongs e instituições públicas que trabalham com dança. Na quinta-feira (28), haverá a parte competitiva do evento e a última noite será reservada às apresentações de grupos profissionais.
A programação também conta com exposições, homenagens, desfiles de roupas e acessórios de dança, oficinas, mesas de debates e espetáculos, proporcionando momentos de aperfeiçoamento para bailarinos e de entretenimento e lazer ao público que se interessa por essa arte.
Durante o evento, haverá os workshops ‘Metodologia para professores de Baby Class – Método Royal’, ministrado por André Silva (SP); ‘Ballet Class – Metodologia Russa Vaganova’, com Jane Dickie (PE); ‘Dança Tribal – ITS/ImproveTribal Style’, com Kilma Farias (PB); ‘Frevo: Mistura das Raças’, com Marcos Brandão (PB); ‘Maquiagem Artística’, com Williams Munis (PB) e ‘Dança Contemporânea’, com Juarez Moniz (RN). As aulas são realizadas nos turnos da manhã e tarde e os preços variam de R$ 20 a R$ 100, dependendo da modalidade escolhida.
Em sua segunda edição, a mostra tem o objetivo de reconhecer e agregar o maior número de profissionais da área, ressaltando a importância de se lembrar o Dia Internacional da Dança. As produtoras do evento, Denilce Regina e Kalline Brito, ressaltam que a ideia é promover  o intercâmbio de linguagens da dança na atualidade com apresentações de trabalhos artísticos de qualidade. A produção reúne profissionais capacitados e multiplicadores de novos talentos e formação de público para os espetáculos de dança.
“Pensando na difusão da dança paraibana, fechamos uma super parceria na 2ª Edição da Mostra”, disse Denilce Regina. Ela explicou que os primeiros lugares de cada categoria da Mostra de Talentos da quinta-feira (28) estarão automaticamente classificados para participar do V Passo de Arte Norte-Nordeste, que será sediado na cidade de Fortaleza (CE), de 25 a 29 de maio. Os vencedores ficarão isentos das taxas de inscrições.
Como surgiu – A Mostra de Talentos em Dança nasceu em 2010, idealizado pela bailarina e coreógrafa Denilce Regina, diretora do Ballet Jovem da Paraíba, e a atriz e produtora cultural Kalline Brito, diretora do grupo de teatro Porta Cênica, com a pretensão de comemorar o Dia Internacional da Dança (29 de Abril). Este ano, o evento é patrocinado pelo Fundo Municipal de Cultura e conta com apoio do Governo do Estado, através da Fundação Espaço Cultural (Funesc).
SERVIÇO:
II Mostra de Talentos em Dança
Data: 27 a 29 de abril
Programação:
27.04 – apresentações de Ongs
28.04 – mostra competitiva
29.04 – mostra profissional
Hora: 18h (exposições e desfiles) e 19h (apresentações)
Local: Teatro Santa Roza
Preços:
27.04 (abertura) – R$ 1,00
28 e 29.04 – R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Inscrições para oficinas e workshops: 3225.5509/8880.2559/8837.3278
Site: www.mostradetalentos.com.br
Realização: Ballet Jovem da Paraíba e Porta Cênica
Apoio: Governo do Estado, Funesc, Sebrae, Devant, Bessa Grill, Passo e Passo, Cenário Cultural, Instituto Passo de Arte (Ipar)

quarta-feira, abril 27, 2011

[Gravura] I.S. Km 23 - Evandro Carlos Jardim

Evandro Carlos Frascá Poyares Jardim (São Paulo SP 1935). Gravador, desenhista, pintor. Em 1953, ingressa na Escola de Belas Artes de São Paulo, onde estuda pintura comTheodoro Braga (1872 - 1953), Antonio Paim Vieira e Joaquim da Rocha Ferreira (1900 - 1965), além de modelagem e escultura com Vicente Larocca (1892 - 19--). Entre 1956 e 1957, estuda gravura em metal com Francesc Domingo Segura (1893 - 1974). Especializa-se em gravura em metal, na técnica da água-forte. Paralelamente à carreira artística, desenvolve intensa atividade docente em várias instituições, como a Escola de Belas Artes, a Fundação Armando Álvares Penteado - Faap e a Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP. Durante o regime militar, promove leilões de obras suas para ajudar os familiares de presos políticos e colabora com o movimento pela anistia política. Em sua produção gráfica, enfoca constantemente o cenário urbano de São Paulo. O artista, que revela extremo cuidado técnico na execução de suas obras, reelabora constantemente certas imagens, como a do Pico do Jaraguá, além de representações de pássaros, frutos, janelas ou de um cavalo morto. Fonte: ItauCultural

Vídeo e poesia abrem temporada de debates do 'Que tal quinta?'


A nova temporada do projeto "Que tal quinta?" terá como foco os temas literatura e gênero. Os debates e a roda de diálogos começam nesta quinta-feira (28), a partir das 18h, na 'Sala Funjope'. A atual edição traz como convidadas a autora paulista radicada no Ceará Nina Rizzi e a poetisa potiguar Marize Castro, com mediação do jornalista Tiago Germano. O projeto é uma promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da Fundação Cultural (Funjope).
No encontro, também acontece o lançamento do livro de poemas 'Lábios-espelhos', de Marize Castro, e a exibição de um vídeo com a obra de Nina Rizzi. Em seguida, cada convidado fará a apresentação de sua obra, abordando conceitos e provocações literárias, seguindo a estrutura de perguntas e respostas, com espaço garantido para intervenções da plateia.
Que tal quinta? – O projeto literário, de caráter aberto e lúdico, acontece sempre na última quinta-feira de cada mês, com a participação de dois ou mais convidados para um debate sobre um ou mais temas ligados à obra de cada autor. Também há espaço para performances poéticas, recitais, exibição de vídeo e lançamento de obras, com o objetivo de promover a interlocução entre autores e consumidores de obras literárias, estimulando a produção e descentralizando os bens e as expressões culturais da Capital.
Sobre as autoras – A escritora, historiadora e militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Nina Rizzi, reside atualmente na cidade de Fortaleza, no Ceará. Tem textos e poemas publicados em antologias, nas revistas 'VacaTussa' e 'La Papa Ruchada' (Argentina), e em várias páginas da internet, entre elas, Germina, Garganta da Serpente e Balaio Porreta. Edita o blog Ellenismos, escreve no Putas Resolutas e é uma das autoras presentes em "Dedo de Moça — uma antologia das escritoras suicidas" (São Paulo: Terracota Editora, 2009).
A escritora e jornalista Marize de Castro foi editora do jornal literário 'O Galo', da Fundação José Augusto, que reuniu um material literário significativo do Rio Grande do Norte, dando uma valiosa contribuição à cultura do Estado. Além de editora, como poetisa publicou 'Marrons crepons marfins' (1984), que recebeu o Prêmio de Poesia da Fundação José Augusto, e 'Rito' (1993). Em 1996, Marize publicou 'Poço. Festim. Mosaico', onde utiliza uma linguagem que oscila entre a prosa e a poesia e se nutre dos principais mitos e musas da literatura ocidental.
Serviço
'Que tal, quinta?'
Quinta-feira (28) – 18h
Sala Funjope – 3º piso da sede da Funjope (Rua Duque de Caxias, nº 352, Centro)
Mais informações: 3218-9811 (André Aguiar)

Bancarte traz nomes consagrados da música brasileira à João Pessoa

Santanna se apresenta dia 29 de abril, mostrando a força da música nordestina

Por Rafael Oliveira, do Jornal O Norte 

De 28 de abril a 1º de maio, os bancários vão mostrar que fazem muito mais do que pagamentos, recebimentos e outras operações financeiras. A sétima edição da mostra de arte e cultura Bancarte abre as portas do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários da Paraíba (Seeb), em Tambauzinho, para que o público possa apreciar exposições e shows musicais - em sua maioria, feitos pelos próprios trabalhadores de agências bancárias em todo o estado. A partir das 21h, grandes atrações subirão ao palco do Seeb, como Geraldo Azevedo, Nando Cordel, Santanna O Cantador e Os Três do Nordeste. A mostra começa às 19h e a entrada é franca.
A abertura do evento contará com a presença do escritor, poeta e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, homenageado do Bancarte 2011, que apresentará uma das suas "aulas-espetáculo", conhecidas por mostrar a riqueza cultural do povo nordestino, em uma apresentação que reúne literatura, música, dança e uma dose de bom humor. "Era um sonho nosso trazer o Ariano, porque achamos que ele sintetiza o imenso valor das artes e da cultura do nosso estado e do Brasil inteiro", ressaltou o presidente do Seeb-PB, Marcos Henriques. Os bancários homenageados desta edição do Bancarte são os poetas Pedro Fernandes, aposentado do Banco do Brasil, e José de Souza, o Souzinha, do Banco do Nordeste (BNB), que receberá uma homenagem póstuma.
Das 19h às 21h, haverá apresentações de grupos folclóricos, com danças populares e folguedos tradicionais. "Estamos fiéis ao compromisso de exaltar a temática da cultura popular. As danças populares constituem em uma farta gama de arte vinda do povo, para o povo", destacou Marcos Henriques.
Na sexta-feira, 29, haverá shows com Santanna O Cantador e Os Três do Nordeste. O trio trará um show especialmente montado para celebrar os 40 anos de carreira do grupo. O show terá a participação dos poetas-cantores Raimundo Nonato e Nonato Costa, conhecidos como Os Nonatos, que também estão comemorando 20 anos de formação da dupla.
O sábado, dia 30, será dedicado ao Festival de Música do Bancarte, um concurso de cantores bancários que também é promovido anualmente. A noite do sábado termina com os shows de Nando Cordel e Geraldo Azevedo no ginásio de esportes do Sindicato. Ambos tiveram novos CDs lançados no ano passado.
O último dia do Bancarte será dedicado às crianças. Não casualmente marcado para o Dia do Trabalhador, o público terá uma programação lúdica, com espetáculos teatrais, oficinas, jogos e brincadeiras durante todo o dia. "Esta fórmula fez sucesso no ano passado, e por isso decidimos repetir a dose", ressalta Marcos Henriques.

Ingressos para Emílio Santiago e Geraldo Azevedo estão à venda


Fonte: Paraiba1
A solenidade de reinauguração do Teatro Municipal de Campina Grande acontece na quinta-feira (28), com um show de Elba Ramalho. Porém, o evento é apenas para convidados. O público em geral terá acesso à área de lazer reformada com uma programação especial que começa na sexta-feira (29) e termina no domingo (1º de maio), com shows de Emílio Santiago e Geraldo Azevedo, respectivamente.
Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30. Os preços variam de R$ 40 (meia-entrada) e R$ 80 (inteira) para ver Emílio Santiago, e de R$ 25 (meia) a R$ 50 (inteira) para o show de Geraldo.
Já o show Entre Eles e Elas, com participação de cantores e cantoras campinenses, será gratuito. O espetáculo está marcado para o sábado (30) e as entradas serão disponibilizadas no teatro na sexta-feira.
Apesar do show de Elba Ramalho ser apenas para convidados, a direção do reatro irá disponibilizar um telão na lateral na rua para as pessoas que quiserem assistir o espetáculo no estacionamento.

segunda-feira, abril 25, 2011

Editora da Universidade Estadual da Paraíba promoverá 3ª Mostra do Livro Universitário com descontos de até 50%

Fonte: UEPB

No período de 02 a 06 de maio, a Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB) realizará a 3ª Mostra do Livro Universitário, evento que vem se tornando tradição no Estado através da exposição e venda de livros de todas as editoras universitárias do país, com descontos que variam de 30 a 50%. A Mostra acontecerá no hall do complexo administrativo da UEPB, localizado no Campus I, bairro universitário, em Campina Grande.

Seguindo a política de acessibilidade ao livro, adotada pela EDUEPB, dezenas de títulos acadêmicos da Editora e também com o Selo Latus – segmento responsável pela publicação de produções artísticas, culturais e produtos de cunho não científico da UEPB – estarão à disposição dos interessados a partir de R$5.

Desta vez, em parceria com as direções de Centro, chefias de Departamento e coordenações de Curso, a Mostra não permanecerá apenas em Campina Grande, mas se estenderá aos campi da capital e do interior.

Um dos pontos marcantes da 3ª Mostra do Livro Universitário será a sessão de lançamentos coletivos, que acontecerá no dia 05 de maio, às 10h30, no hall do Prédio de Administração Central. Para isso, a direção da EDUEPB está convocando todos os autores da Editora e do Selo Latus para apresentação pública de sua obra.

Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones (83) 3315-3381 ou 3315-3452.

quinta-feira, abril 21, 2011

De Secretários e Cultura

Recentemente algumas declarações do então Secretário de Cultura do Estado da Paraíba geraram embrulhos de mal estar na galera do "plastic forró descartável". Afirmando que seu compromisso é com a cultura e não com o mercado, e reiterando a importância de um resgate cultural da arte paraibana, Chico César fez relembrar nas diversas entrevistas que concedeu que tais bandas de sucesso (Aviões do Forró, Forró Pegado, Garota Safada, etc.) recebem altos cachês de governos e prefeituras - valor até 10 vezes superior a uma atração de qualidade na música brasileira -, e em seguida se vão com a grana do povo, restando para a cidade apenas latas de cervejas a serem recolhidas.
Pois é, o público do "plastic forró descartável" não gostou nada, e insinuou que o secretário agiu com intolerância. 

Veja na íntegra o que Chico replicou:

“Tem sido destorcida a minha declaração, como secretário de Cultura, de que o Estado não vai contratar nem pagar grupos musicais e artistas cujos estilos nada têm a ver com a herança da tradição musical nordestina, cujo ápice se dá no período junino. Não vai mesmo. Mas nunca nos passou pela cabeça proibir ou sugerir a proibição de quaisquer tendências. Quem quiser tê-los que os pague, apenas isso. O Estado encontra-se falto de recursos e já terá inegáveis dificuldades para pactuar inclusive com aqueles municípios que buscarem o resgate desta tradição.

São muitas as distorções, admitamos. Não faz muito tempo vaiaram Sivuca em festa junina paga com dinheiro público aqui na Paraíba porque ele, já velhinho, tocava sanfona em vez de teclado e não tinha moças seminuas dançando em seu palco. Vaias também recebeu Geraldo Azevedo porque ele cantava Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro em festa junina financiada pelo governo aqui na Paraíba, enquanto o público, esperando a dupla sertaneja, gritava "Zezé cadê você? Eu vim aqui só pra te ver".

Intolerância é excluir da programação do rádio paraibano (concessão pública) durante o ano inteiro, artistas como Parrá, Baixinho do Pandeiro, Cátia de França, Zabé da Loca, Escurinho, Beto Brito, Dejinha de Monteiro, Livardo Alves, Pinto do Acordeon, Mestre Fuba, Vital Farias, Biliu de Campina, Fuba de Taperoá, Sandra Belê e excluí-los de novo na hora em que se deve celebrar a música regional e a cultura popular”.

Secretário de Estado da Cultura – Chico César

segunda-feira, abril 18, 2011

Duas Novas Músicas do Radiohead

Neste sábado, em homenagem ao Record Store Day, o Radiohead lançou um single com as faixas The Butcher e Supercollider que complementam seu novo trabalho, o The King Of The Limbs. (Fonte: Blog do Lenhador)

domingo, abril 17, 2011

UFPB promove oficina de roteiro no interior

Fonte: WSCom

Evento acontece no período de 14 a 17 de julho, no município do Congo, numa realização da Prefeitura local e da Coex/Prac



Os jovens realizadores de cidades com menos de 150 mil habitantes da Paraíba interessados em participar do I JABRE – Laboratórios de Jovens Roteiristas Paraibanos que vai acontecer no município do Congo no período de 14 a 17 de julho, têm até o dia 30 de maio para se inscrever. Os detalhes do evento, que vai oferecer oito vagas, podem ser obtidos pelo endereço eletrônico torquato.joel@gmail.com.
 É uma realização da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através da Coordenação de Extensão Cultural (Coex) da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Prac) e da Associação Cultural do Congo (ACCON). O evento tem o apoio da Prefeitura Municipal do Congo e do Balneário Paraíso da Serra.
 O objetivo é facilitar a elaboração de roteiros principalmente de jovens que já participaram de projetos como o ViAção Paraíba, desenvolvido pelo Banco do Nordeste do Brasil em vários municípios paraibanos.
 Na oficina, os participantes irão desenvolver roteiros para filmes. Os interessados devem encaminhar para sua inscrição um pequeno argumento com até 30 linhas e uma abordagem do tema com 10 linhas para o e-mail – torquato.joel@gmail.com.
 De acordo com o calendário o período para a seleção será de 1º a 15 de junho; para pesquisa de 15 de junho a 13 de julho e o laboratório de 14 a 17 de julho.
 Os selecionados terão hospedagem e alimentação gratuita e a Universidade Federal da Paraíba disponibilizará a locomoção de João Pessoa até a cidade do Congo, passando por Campina Grande.
 Outras informações e esclarecimentos no telefone (83) 3216-7352

Radiohead - OK Computer (1997)


sexta-feira, abril 15, 2011

As cenas mais assustadoras do cinema nos últimos dez anos

Fonte: Rolling Stone / Por Peter Travers


Os últimos dez anos ofereceram muitas cenas de terror nos filmes. Umas sutis, outras brutais, mas as melhores sempre com a capacidade de fazer você pular para fora de sua própria pele. Nesta lista você relembra as dez cenas mais assustadoras produzidas pelo cinema nesse período.

Veja na Revista Rolling Stone

quarta-feira, abril 13, 2011

Espetáculo Diário de um Louco, entra em cartaz no Santa Roza nesta sexta-feira

Fonte: O Norte OnlinePor Angélica Nunes, especial para O Norte 
Depois de percorrer mais de 50 cidades por todo o país, o espetáculo teatral Diário de Um Louco está de volta a João Pessoa. O monólogo do Grupo de Teatro Lavoura, adaptado do conto do escritor russo Nikolai Gogol, fica em cartaz nos dias 15, 16 e 17 de abril, no Teatro Santa Roza, às 20h. Interpretado pelo ator André Morais, com direção dele e de Jorge Bwres, “Diário de Um Louco” expõe as desventuras de um homem comum que cria para si um trono e uma coroa na tentativa de superar a medíocre existência.
Há sete anos em atividade, a peça da companhia paraibana se apresenta pela terceira vez em João Pessoa. Sucesso de público e crítica por onde passa, o monólogo arrebatou os prêmios de Melhor Espetáculo, Melhor Ator e Melhor Música no Festival de Teatro de Guaramiranga, no Ceará, e no Festival Nacional de Teatro no Espírito Santo.
O monólogo foi encenado ainda, em 2007, no I Festival Nacional de Teatro de Salvador-BA (2007), na 9º Mostra Sesc Cariri de Crato (CE), no Festival Nacional de Teatro de Canela (RS), como espetáculo convidado, e no Projeto Balaio Teatral, Natal (RN), também como convidado. Em 2006, Diário de Um Louco foi visto em Fortaleza (CE), dentro do Projeto Ato Compacto - BNB.
Para o co-diretor do espetáculo, Jorge Bwres, o momento mais relevante, no entanto, foi a seleção para o projeto Palco Giratório 2009. "Por meio da promoção do Sesc Nacional realizamos uma média de 170 apresentações em várias cidades do país. Ficamos muito emocionados com o reconhecimento do nosso trabalho. Tivemos casa cheia em vários locais, chegando até que abrir nova sessão para o público que não conseguiu assistir", comentou.
Diário de Um Louco conta as desventuras de um funcionário apaixonado pela filha do chefe e que cria que para si um trono e uma coroa na tentativa de superar a medíocre existência. "Toda a peça é narrada por esse personagem, que em nossa montagem é anônimo", comentar o ator André Morais.
Com a decepção de ser visto ridiculamente por sua amada, ele embarca em uma realidade paralela e,a partir de uma nota de jornal, acredita ser o novo Rei da Espanha. Ele governa o país, manda e desmanda em seus súditos, acredita conquistar Sophie e ter assim o que tanto almeja. Só que em verdade, ele foi internado em um hospício, seus súditos são internos e ele sofre fortes torturas e humilhações. No fim, sua única saída é refugiar-se na loucura.
Jorge Bwres atribui o sucesso do espetáculo à delicadeza com que um tema tão polêmico, como distúrbios mentais e internações em manicômios, é abordado. "Sem levantar bandeiras contra a situação de muitos que sofrem de distúrbios mentais, a peça leva o público a não julgar as atitudes e comportamentos da personagem, mas, ao contrário, a embarcar com ele em seu universo", disse.

Orquestra Sinfônica abre temporada 2011 com concerto nesta quinta-feira

A Orquestra Sinfonica da Paraíba inicia a temporada 2011 nesta quinta-feira (14), às 21h, no Cine Bangüê do Espaço Cultural, sob a regência do maestro titular João Linhares.
No programa do concerto oficial constam a Sinfonia em Ré Menor, de autoria do francês César Frank; Concerto Nº 1 para Violino, de Kabalewski, e Prelúdio da Bachiana Nº 4, de Vila Lobos. A entrada é gratuita.
Os concertos oficiais da Orquestra Sinfônica da Paraíba terão a participação especial de solistas convidados de todo o país, com destaque também para os músicos da Paraíba.
No concerto desta quinta-feira, a solista convidada é Ana Beatriz Drummond, vencedora do concurso Jovens Solistas. A apresentação de Ana Beatriz faz parte da premiação do concurso.
Em seu concerto de pré-estréia da temporada 2011, no mês passado, a  OSPB emocionou o público que esteve presente na abertura da 1ª Conferencia Estadual de Desenvolvimento Sustentável.
Foi a primeira vez que o grupo se apresentou sob a regência do novo maestro, o paraibano João Linhares. “Minha missão é levar música a todos os paraibanos”, disse o músico.

Serviço:
Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica da Paraíba, Temporada 2011
Regente: João Linhares
Local: Cine Bangüe da Funesc
Data: Quinta-feira (14/04)
Hora: 21h
Entrada: Gratuita 

Espaço Cine Digital recebe mini Mostra do Filme Livre

Fonte: FUNESC
Linguagem independente em obras ousadas que raramente encontram espaço em festivais de cinema. Esta é apenas uma das características da mini Mostra do Filme Livre, que aporta em João Pessoa a partir desta quarta-feira (13), interligada à programação do Tintin Cineclube desta semana. A sessão gratuita começa às 19h30, no Espaço Cine Digital da Fundação Espaço Cultural, com uma coletânea de filmes que foram destaque nas cinco últimas edições do evento. Serão exibidos os curtas Nascente, de Helvécio Marins; EngoleDuasErvilhas, de Marão; Convite para jantar com o camarada Stalin, de Ricardo Alves Junior; Terra, de Sávio Leite; Terra, de Sávio Leite e Passos no Silêncio, de Guto Parente.
O recorte traça um importante panorama dos conceitos e tendências exaltados por um dos festivais mais importantes para cenário do audiovisual independente brasileiro.
De quinta-feira (14) até domingo (17), a Mostra do Filme Livre contará com sessões às 16h30 (curta-metragem) e às 19h30 (longa-metragem). A classificação etária das exibições é indicada para maiores de 16 anos.
A mostra é uma parceria entre a Funesc, através do Espaço Cine Digital, Tintin Cineclube e Clube de Cinema Fora do Eixo. Essa união permite a realização de eventos desta natureza, trazendo ao público de João Pessoa filmes de vários lugares do Brasil e de outros países. Produções que ficam fora do circuito comercial devido ao caráter independente. O evento privilegia filmes realizados sem incentivo fiscal, aqueles feitos ‘na marra’ por produtores e diretores de todo o Brasil. Pois é juntando independência e criatividade que a MFL completa em 2011 uma década de existência, levando essas obras para cineclubes da Paraíba e mais sete estados (programação completa em www.mostralivre.com).

Serviço:
Tintin Cineclube – Panorama Mostra do Filme Livre
Data: quarta-feira (13 de abril)
Hora: 19h30
Local: Espaço Cine Digital, Espaço Cultural, Rua Abdias Gomes de Almeida, nº. 800 – Tambauzinho
Preço: Gratuito

Mini Mostra do Filme Livre
Data: de quinta a domingo (14 a 17 de abril)
Hora: 16h30 (exibição de curtas) e 19h30 (exibição de longas)
Local: Espaço Cine Digital, Espaço Cultural, Rua Abdias Gomes de Almeida, nº. 800 – Tambauzinho
Preço: Gratuito
Informações: 3211-6281

Realização: ABD-PB, Ponto de Cultura Urbe Audiovisual, Clube de Cinema Fora do Eixo
Apoio: Fundação Espaço Cultural, Ministério da Cultura, Cine Mais Cultura, CNC (Conselho Nacional de Cineclubes)

terça-feira, abril 12, 2011

Dalí Atomicus (1948) - Philippe Halsman

O fotógrado russo Philippe Halsman tinha vocação por fotos inusitadas. Costumava retratar o mestre do surrealismo Salvador Dali. Hoje seria fácil fazer a foto "Dali Atomicus" (1948). Na época, porém, Halsman só pôde contar com a ajuda da mulher e de quatro assistentes. Três assistentes jogaram os gatos, um outro jogou a água, e sua esposa a cadeira. Depois de 26 tentativas e cinco horas de trabalho, ele chegou ao resultado conhecido hoje em todo o mundo. (texto: Blog do Noblat)

Delírio de um poeta

Chico Pedrosa


Feliz aquele que tem
Coragem de retratar-se
Olhar pra dentro de si
Auto penitenciar-se
Para diante do mundo
Vitorioso encontrar-se.

As injustiças do mundo
Não houve quem abolice
Até Cristo teve falha
Segundo a fraca crendice
Quanto mais um vil mortal
Sujeito aos disse-me-disse.

Sou um micro grão de areia
Na vastidão do espaço
Impelido pela força
Exigido paço a paço
Ignorando as origens
Das poucas coisas que faço.

Sou uma aranha presa
Na teia do universo
Caminheiro, peregrino
Sem ilusões, submero
Na turbulência reinante
Dum mundo ingrato e perverso

Um dublê de olhos vendados
À beira do precipício
Vencido pelo cansaço
Mutilado pelo vício
Ensaiando o último show
Antes do seu sacrifício.

Sou uma mão estendida
À espera de um perdão
Um transplantado de órgão
Sofrendo uma rejeição
Cinquenta dizendo: vá
E milhares dizendo: não.

Two Minutes To Midnight - Iron Maiden @ Rock In Rio

Qual é o filme?

“Cinema Adentro” leva audiovisual paraibano para cidades do estado

 O Hóspede - Produção é um dos destaques da
mostra trazendo mistério aos espectadores

Difundir continuamente o cinema paraibano, mostrando sua diversidade de filmes, seja nos modelos de produção, seja nas temáticas das histórias contadas. Esse é o objetivo maior do Cinema Adentro, projeto realizado pela Associação Brasileira de Documentaristas - seção Paraíba (ABD-PB) que este ano leva oficinas e mostra de cinema paraibano para as cidades de Zabelê, São José de Piranhas, Mataraca e Nazarezinho. 
  
Sobre o projeto
  
Promovido pela Associação Brasileira de Documentaristas – seção Paraíba e com patrocínio do Banco do Nordeste, o Cinema Adentro é formado por um grupo de cineastas e técnicos de João Pessoa que viaja promovendo oficinas de audiovisual e mostra de cinema paraibano para as cidades do estado com até 100 mil habitantes.
O objetivo do projeto é estimular a formação do olhar e o pensamento crítico das populações das cidades visitadas a partir do universo regional apresentado nos filmes, fomentando assim o conhecimento do patrimônio cultural imaterial paraibano.
Na edição anterior, em 2009, o Cinema Adentro passou pelas cidades de Soledade, Guarabira, Lucena e Catolé do Rocha. A mostra de cinema realizada percorria a trajetória do cinema paraibano nas últimas quatro décadas, começando pelo curta “Aruanda” (1960) até filmes mais recentes como “O meio do mundo” (2006). O público final do projeto naquele ano foi de mais de mil pessoas, nas quatro cidades em que passou.


Cinema Adentro 2011


Em 2011, O projeto passará pelas cidades de Zabelê, de 08 a 10 de abril, São José de Piranhas, de 22 a 24 de abril, Mataraca, de 06 a 08 de maio e Nazarezinho, de 20 a 22 de maio. Tanto a mostra de filmes quanto as oficinas são gratuitas.  O Cinema Adentro deste ano conta também com o importante apoio do Sebrae, da Ascuza, do Cine Nazareth, e das prefeituras municipais de Zabelê, São José de Piranhas, Mataraca e Nazarezinho.
Em três dias de evento, serão realizadas duas oficinas: como criar e manter um cineclube na sua cidade, ministrada por Liuba de Medeiros, produtora, cineclubista e integrante da diretoria da ABD-PB e introdução à realização audiovisual, ministrada por Lúcio César, que já atuou em quase todas as áreas de realização audiovisual, como produção, som direto, fotografia, direção e edição e por Ely Marques, que atua como realizador e editor de filmes como também faz parte da diretoria da ABD-PB.  Ambas as oficinas tem duração de 8 horas por dia e o objetivo comum de estimular a expectação, realização e o gosto pelo audiovisual.
A mostra de cinema paraibano é realizada na noite dos três dias, as 19h30. Para este ano, a curadoria realizada pelo cineasta Bruno de Sales tem como objetivo mostrar a pluralidade do cinema produzido atualmente na Paraíba. O barateamento das tecnologias de captação e finalização de filme fez com que as produções feitas no estado triplicassem de cinco anos pra cá, tendo como resultado filmes bastante diversos – seja nos seus modelos de produção, seja nas suas histórias ou personagens. Bruno de Sales dividiu a mostra em três blocos temáticos: 1- cine-biografias curtas, 2- filmes que dialogam com outras cinematografias, 3- filmes de conteúdo fantástico, que extrapolam as fronteiras paraibanas de tempo e espaço.  Com isso, a equipe do projeto visa que o público tenha uma visão abrangente do cinema feito hoje na Paraíba.

Sobre a ABD-PB
  
A ABD-PB é uma instituição sem fins lucrativos que tem como principal objetivo estimular o Audiovisual na Paraíba com atenção especial ao Curta-Metragem e ao Documentário nos mais variados suportes e formatos, atuando em três linhas centrais de ação relativas ao audiovisual: Apoio à Difusão; Apoio à Formação e Apoio à Realização Independente.


MAIS INFORMAÇÕES: 
www.cinemaadentro.com

quarta-feira, abril 06, 2011

John Lennon - Jealous Guy

Projeto Pegue o Beco!

As tardes de sábado agora tem programação cultural garantida no Centro Histórico de João Pessoa. Trata-se do projeto “Pegue o beco – laboratório de interações estéticas”, que iniciará suas atividades no próximo sábado (09), no Beco da Cachaçaria Philipéia, próximo a Praça Rio Branco, no Centro. A programação está marcada para se iniciar às 16h, logo após o tradicional chorinho da Praça.

O projeto consiste na ocupação cultural do beco, com a finalidade de se proporcionar diversas interações estéticas e conceituais em termos de criação e produção de arte. Segundo Gerson Abrantes, integrante do Coletivo Peitica e um dos organizadores do projeto, “a intenção é que o beco seja um verdadeiro laboratório para muitos artistas, músicos, poetas, e que estas pessoas ocupem o beco não como um público passivo, mas sim, como protagonistas de todas as interações e construções artísticas possíveis e impossíveis”.

Para o lançamento do projeto, estão previstos diversos momentos de interação entre música e poesia. A abertura da programação ficará por conta do poeta Nelsão, que fará recital a partir de seus versos em cordel e suas contações de histórias e causos populares. Logo após, o experimento lítero-musical “Garrancho” subirá ao palco para desenvolver seus sons a partir do livre improviso e das sensações provocadas pela música. Segundo Carlos Araújo, elemento integrantes do tal experimento, “o Garrancho é um projeto de atrevimentos sonoros, poéticos e estéticos. Acreditamos que todo garrancho útil tem potencial para virar arte, e a interação se dá quando todos esses garranchos se unem”.

Para finalizar a noite, o Coletivo Peitica pretende lançar o Palco Livre como marca registrada do projeto “Pegue o beco”, afim de incentivar diversas interações estéticas e sonoras a partir da abertura do palco e dos microfones. Pede-se que os artistas interessados em tocar no evento levem seus instrumentos.

SERVIÇO:

Projeto Pegue o Beco! - Garrancho + Palco Livre + Convidados
Data: 09/04 (sábado)
Hora: A partir das 16h, logo após o chorinho da praça (Projeto Sabadiniho Bom)
Local: Beco da Philipéia (próx. a Praça Rio Branco)